um poema de retorno


por Giovani Miguez


aqueles passos, lentos, pousavam

com suavidade sobre a calçada

onde, apressados, eles atravessavam

a bruscas passadas

o paço.


enquanto o mundo corria,

aquele rapaz, sereno, percorria

sua própria escuridão

tentando alforriar-se daquela

sensação.


todos os dias, descia da barca,

caminhava, sem pressa alguma, rumo

ao trabalho, tentando algum prumo,

noutra comarca.


os dias iam passando.

na barca, o rapaz ia pensando

sobre a vida que, sozinha,

ia ficando pelas águas da baia.


de Niterói ao Rio,

ele persistia na sua luta

fazendo calor ou frio.


era essa sua labuta:

viver, sereno, seu dia a dia,

sua vida voluta.


fazer da prosa, poema;

do esforço, poesia.


01/09/2021



#GiovaniMiguez

#sigaapoesia

;-)




eu sou noveleiro,

mas não abro mão de ler,

iluminar o nevoeiro

que só faz crescer.


não sou desses

que hierarquizam arte,

não desdenho de interesses,

pois, modéstia à parte,


SOU ARTISTA,

e pouco importa

por qual porta

chega a vocação.


afinal, artista é artista,

seja qual for a expressão.

seja ele comunista ou capitalista,

no final vale mesmo a dedicação.


se, por um lado, faz novela

dança, escreve, canta

ou faz arte sobre uma tela,

artista colhe a arte que planta.


(por Giovani Miguez, em Ontologias)





Atualizado: Set 13


Desde que voltei a escrever poemas, em 2017, foram 27 "cadernos" escritos. Destes, seis livros impressos e quatro e-books já foram publicados. Dez publicações que reuniram 18 dos 29 cadernos. Ainda estão inéditos dez deles.


Registro os números apenas para documentá-los.


CADERNOS POÉTICOS

por Giovani Miguez


1. Aforismos Existenciais (2017)

2. Est(éticas) Existenciais (2018)

QUASE HISTÓRIAS (2019)


3. Animal Poético (ver./2019)

4. Percepções Est(éticas) (outono/2019)

5. Máximas Inquietas (outono/2019)

6. Diário Est(ético) (inv./20219)

7. Um dedo de poesia (ver./2019)

8. Suss(urros) (ver./2019)

ANIMAL POÉTICO (2020)


9. Da Ilha da Poesia (jan./2020)

DA ILHA DA POESIA (2021)

10. (Sobre)viventes (ver./2020)

11. Uma aldravia por dia (out./2020)

UM POEMA POR DIA (2020)


12. Em Terceira Pessoa (Out./2020)

EM TERCEIRA PESSOA (2021)


13. Biopoéticas (outono/2020)

BIOPOÉTICAS (2021)


14. Eu ali, poesia (prim./2020)

15. Na casa da poesia (inv./2020)

EU ALI, POESIA (2021)


16. Nem te conto (nov.2020)

NEM TE CONTO (2021)


17. Auscultas (dez./2020)

AUSCULTAS (2021)


18. Amargruas (jan./2021)

AMARGRUAS (2021)


19. Musas, putas e mães (prim./2020)

20. Poesia crônica (prim./2020)

21. Disperso (prim./2020)

22. Restauros (jan./2021)

23. Mínima poética (ver./2021)

24. Sustenidos (mar./2021)

25. Poemáticas (out./2021)

26. Propositum (inv./2021)

27. Afetações (ago./2021)

28. Ontologias (ago./2021)

29. Uma lírica qualquer (set.2021).

30. Encadeamentos (em curso)