da argila à nuvem

só vertigem: imagem e linguagem



a mentira é morta

quando a verdade importa



dívida é histórica

não se paga com retórica



não sei se canto, conto

ou deixo de ser tão tonto



se faço verso? não sei

não faço questão, cansei


dísticos por Giovani Miguez, em Poemáticas.




Só sei

ser poeta

sem meta,

sem projeto,

sendo objeto

do poema,

documento.


Se acertei

ou errei,

pouco importa.

Se o poema

foi porta,

adentrei,

documentei.


por Giovani Miguez, em Poemáticas.



Verbalmente,

todos

somo tolos.

Muito tolos,

todos,

alguns sem dolo.


O mesmo verbo

que é sina,

que carrega,

é estribo

também assassina,

negligencia

a ciência,

nega

a vacina.


por Giovani Miguez, em Poemáticas.


imagem retirada de: https://pixabay.com/