Às vezes


Às vezes é só vaidade

que move nossa caridade.


Às vezes é só dor,

que a gente finge ser amor.


Às vezes é só tristeza

escondida em tanta certeza.


Às vezes é só amargura

impossibilitando a nossa cura.


Às vezes e só maldade

escondida em falsa amizade.


Às vezes é só lamento,

forçando nosso isolamento.


Às vezes é só fraqueza

alimentando tanta macheza.


Às vezes é só solidão

maculando nosso coração.


Às vezes a gente se engana

com a confusão cotidiana.




0 visualização