Aqui jaz a democracia

aos que estão acordados


Amanheci mal dormido,

esgotado.

Do meu leito sofria,

deitado.

Meu coração,

partido.


Aqui jaz a democracia.

Quem sabe um dia...


O dia,

intenso.

Meu amigos,

alienados.

Meus inimigos,

alinhados.

Eu,

tenso.


Aqui jaz a democracia.

Quem sabe um dia,..


O seu mito,

mentia.

Eu sinto,

sinto muito.

E a valentia?

Faltava.

E a ousadia?

Ninguém se levantava.


Aqui jaz a democracia.

Quem sabe um dia....


Acreditaram

no inacreditável.

Aceitaram

o inaceitável.

Enquanto isso,

nenhum sorriso,

pouca gente agia

contra essa patifaria.


Aqui jaz a democracia.

Quem sabe um dia...


(10.03.2020)





0 visualização