Caipira

por Mônica Salmaso


"Citação: A Lenda do Caboclo"


Sou tabaréu, sou capiau, sou caipira

E a prosa que eu trago na viola e na lira

É do mato, é da roça, é do chão

Canto o sanhaço, o tiê sangue, a saíra

O melro, o cardial, o azulão

Que eu pego na palma da mão


Sentado à sombra de uma sucupira

Eu pesco no rio o cascudo, a traíra

E matuto sobre esse mundão

Já vi caipora, saci, curupira

Vi alma, vi assombração

Nas noites de breu do sertão


Levo o gado pra pastar

Vou pra roça capinar

Que é da terra que se tira

Tudo o que se aspira pra viver, oiá


E nas noites de luar

Eu me arrumo pra dançar

Terno azul de casimira

Eu vou dançar catira com as morena, oiá


,,,


Faixa 1 do álbum ''Caipira (2017)''. Biscoito Fino.

Autoria: Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro / Heitor Villa-Lobos




11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um Comunista

por Caetano Veloso Um mulato baiano, Muito alto e mulato Filho de um italiano E de uma preta uçá Foi aprendendo a ler Olhando mundo à volta E prestando atenção No que não estava a vista Assim nasce um