Daniel Rody, sonetos

VIDA


Em orvalho cálido que transgride,

A doce flor da juventude a usura.

Ao caule da flor bem prematura;

Verniz arborícola que não agride.


Formosura diurna em primavera,

Ao canto de colibris em torpe.

Insipidez de um rio que se move;

Algoz incólume — se persevera.


De uma duna o agreste que se proclama,

Campos verdejantes desaparecem

A doce cais velejante à vista.


À bordo a navegar, o marujo ama,

Que da terra verminosa se esquecem,

A sacolejar no àrduo mar: da vida.


EXAGERADO


Amor? Sabe que para a minha vida,

Canto aos quatro cantos a verdade.

Que nem mesmo a simples eternidade,

Vai nos separar em uma partida.


Teu canto reverbera na verdade,

Que eu lhe digo olhando e sem o pudor.

Mais vale desde o berçário, o meu amor,

Que a dor de uma adolescência em saudade.


Posso até me jogar aos teu pés,

Fazer luto em sua greve de fome,

Sendo a melhor pessoa ao teu lado.


No teu mar, me aprume em tuas marés!

Vou enlouquecer a pensar em teu nome;

Sobejar: eu sou mesmo exagerado.


CORVO


Do canto à luz da lua e ilumina;

Tal ebriedade que foi perdida.

Da relva bucólica constipada;

Gripe arborícola que lhe aprazia.


Crocitar ao tal astro perene;

Vinícolas do rubor que me ferve.

Das frutas negras que lhe dá e verve;

Doce cântico sereno e solene.


O voo em intempérie que me impede,

Alçar paz! Lugar inalienável,

Deste galho que me apetece a estorvo.


Ao Sul? Um encontro que me serve,

Há um canto de dia! Inalcançável,

De piche minh'alma! As sombras de um corvo.


Daniel Rody é poeta, de Marataízes-ES, que escreve desde os 14 anos. Hoje com 17, publica seus rascunhos e busca que a refração destes papéis crie a sua própria luz para que sirva de guia. Instagram: @eucaristia.sofista




... Para publicar seus poemas, fale comigo. [ Regras ] Os interessados deverão enviar os poemas para giovanimiguez@gmail.com seguindo as seguintes orientações: 1. enviar, em arquivo word, até três poemas de no máximo 15 versos cada. 2. no final dos uma biografia de até 5 linhas, informando o seu perfil no instagram. 3. anexar ao e-mail uma foto do poeta na horizontal. 4. deve constar no assunto do e-mail nome do poeta no seguinte formato: "Umanisté blog - Submissão de poemas - Nome do Poeta".


29 visualizações