Dois poemas ao pé do ouvido

insolvência



ouvindo Noel Rosa


devo

ao mundo que deve

ao universo que deve

ao inverso que deve

ao profundo

que, insolvente, não quer

pagar.


devo

não nego, nem pago

pois estou cansado

demais...


devo

estar estressado

pois, vejo nos meus olhos

que não aguento

mai,.

ser nação

ouvindo Candeia


quando a cultura

se perde

uma nação inteira

fica órfã.


o samba

o sertanejo

caramba!

quanto desejo

de aprumar esse povo

bamba

que apesar do pelejo

pardo, preto e vermelho

vê-se colonizado

por esse hábito velho

esse ensejo de ser

americanizado.


ah, nação brasileira

cultive sua própria

história

saia dessa ribanceira

valorize sua própria

memória.


( por Giovani Miguez, em Sustenidos )




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo