Gabriel Firmino, poemas

Para Gabriel Firmino, nosso quinto homenageado, sua poesia é um jardim que deve ser oferecido aos seus leitores como tudo que ele tem. É entrega, mimo e abraço. Ou seja, a poesia do dia a dia de Gabriel é uma leve, doce e otimista. Ler seus poemas é um exercício ético e estético de quase contemplação das coisas simples.


Deliciem-se com o verso doce de Gabriel Firmino!


Beija-flor amado


Amo um beija-flor

que vem me ver

todo santo dia


me beija e alça voo,

faz isso todo santo dia


amo um beija-flor

que é amado por um

jardim inteiro


beija-flor amado

por rosas e tulipas,

violetas e margaridas.


Laço frouxo


Nosso laço frouxo

inocentes nós fomos

quando proclamamos

para todo sempre


jovens inexperientes,

que no primeiro puxão

da vida

o laço

arrebentou-se

de repente.



Gabriel Firmino é um jovem poeta que escreve para tocar as pessoas. Você pode ter acesso ao seu trabalho no Instagram, pesquisando por @poetagabriel_firmino.




... Para publicar seus poemas, fale comigo. [ Regras ] Os interessados deverão enviar os poemas para giovanimiguez@gmail.com seguindo as seguintes orientações: 1. enviar, em arquivo word, até três poemas de no máximo 15 versos cada. 2. no final dos uma biografia de até 5 linhas, informando o seu perfil no instagram. 3. anexar ao e-mail uma foto do poeta na horizontal. 4. deve constar no assunto do e-mail nome do poeta no seguinte formato: "Umanisté blog - Submissão de poemas - Nome do Poeta".

0 visualização