Lembranças

LEMBRANÇAS


(Saudades do café com broa!)


Naquela árvore frondosa,

sob enorme sombra preguiçosa

devoro uma suculenta fruta saborosa

para saciar minha saudade da vida ociosa.


Eu tenho boas lembranças

daqueles tempos de muitas esperanças

em que vivia feliz com as outras crianças

em intermináveis andanças.


Ah, como nossa infância era boa!

A gente, feliz, passava o dia todo à toa

correndo, nadando e pescando na lagoa,

tomando um delicioso café com broa.


Hoje, a vida é dura, tudo é tão diferente,

a vida corre avassaladora, como água corrente,

e tudo nesta vida muda tão de repente

que o coração atordoado, nem sente.


Dirão alguns que são tempos modernos,

mas eu queria era voltar aos meus cadernos,

mudar estes estranhos tempos hodiernos

ou poder mandar tudo para o quinto dos infernos.




0 visualização