Marilene Veloso, poemas

Um pedido meu à Lua e ao Mar


Sempre que a tristeza

Tenta me roubar a esperança

Eu faço um pedido à Lua e ao Mar

Para que na solidão eu sinta a tua presença

Você não me ensinou a te esquecer

Me ensinou somente a te amar

As lembranças chegam e me dão nova esperança

Eu não tenho culpa se não deu certo

Foi tudo culpa do destino

Que não quis que fosse

Como era pra ser

Eu x Você.


Saudade


Ainda lembro daquela noite

O céu estrelado,

O Mar agitado

O coração acelerado

No peito apertado

E todas as vezes que eu vejo o Mar

Um nó na garganta eu tento desatar

E ao sentir meus pés molhados

Pela água salgada

Me vem a lembrança de tudo o que vivemos

De todos os momentos

E dos sentimentos.

Não foi uma farsa tudo o que eu vivi

O destino quis assim

Eu, sem você.

E você, sem mim.


O teu sorriso


De todas as coisas

Que você me trouxe essa noite

Rosas, versos e vinho.

O que eu mais gostei

Foi do teu sorriso.

Esse, eu eternizei.


...



Foto: Divulgação

Marilene Morais Veloso é professora, poetisa, escritora, mãe e aprendiz do A(MAR). Amante de bons livros e da dramaturgia, é uma escritora contemporânea que se redescobriu na poesia e na arte de escrever. Autora de Meu Mar, editado pela Selin Trovoar, 2020.

...


[ Regras ]

Os interessados deverão enviar os poemas para giovanimiguez@gmail.com seguindo as seguintes orientações:


1. enviar, em arquivo word com até três poemas poema, um conto ou uma crônica de no máximo uma pagina cada, fonte Arial 12, paragrafo 1,5.


2. no final dos uma biografia de até 5 linhas, informando o seu perfil no Instagram.


3. anexar ao e-mail uma foto sua na horizontal.

4. deve constar no assunto do e-mail informações no seguinte formato: "Umanisté blog - Submissão de texto autoral - Nome".


5. Você poderá enviar até dois textos em cada gênero, desde que estejam cada texto em arquivos separados.


Espero seu texto!

21 visualizações0 comentário