minha biblioteca

Atualizado: Mar 23

ouvindo o cantarolar do menino


olho para estante

cheia de livros

alguns lidos

outros esquecidos

alguns, ainda, completamente

desconhecidos.


tanto conhecimento

que, ali, parado, serve

apenas como objeto decorativo

a ser ostentado

por alguém que, outrora combativo,

hoje apenas quer ser reconhecido

pelo caminho percorrido.

um caminho só seu

caminho de poeta

escrevinhador

da dor

do amor

que abraçam seu calor

como um cobertor

em dia frio

sombrio.


será o poeta, o escritor

um intelectual? — pergunto-me

diante daquele monumento

que ergui para disfarçar

toda carência de conhecimento

que minha inteligência

transformou

em tormento.

ou será este poeta

apenas um artista que caminha

na escuridão e cuja a vocação

para a expressão busca

no amontoar de livros apenas

disfarçar a ignorância

que a sua tola vaidade

ofusca.


nos livros da sua estante

há um espelhar

de cada instante

deste seu caminhar

ofegante

pela trilha ladrilhada

por cada página virada

pelas tantas outras

aguardando serem

acariciadas.



( por Giovani Miguez, em Sustenidos )




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo