Não-agir

Às vezes é melhor não agir...


Wu wei é o princípio prático central da filosofia taoista. Pode ser compreendido como "não-agir" ou um modo de viver buscando reconquistar um estado de harmonia perfeita com o Tao.


Wu Wei - Não Fazer Nada



Vejam esse fragmentos do Tao Te Ching:


Na busca do conhecimento, todos os dias algo é adquirido,

Na busca do Tao, todos os dias algo é deixado para trás.

E cada vez menos é feito

até se atingir a perfeita não acão.

Quando nada é feito, nada fica por fazer.

Domina-se o mundo deixando as coisas seguirem o seu curso.

E não interferindo.


(Cap.48)



A coisa mais macia e flexível no universo

Consegue vencer a coisa mais dura.

E só o que não tem substância

pode entrar onde não há uma fenda por onde entrar.

É essa a vantagem da não acção.

Mas poucos entendem o ensino sem palavras

E os benefícios da não acção.


(Cap.43)



É fácil manter a estabilidade enquanto as coisas estão estáveis.

É fácil lidar com as coisas enquanto elas não mostram sinal de irem mudar.

O que é frágil é fácil de quebrar, o que é pequeno é fácil de dispersar.

Mas há que pôr as coisas em ordem antes de haver confusão.

Porque as coisas se podem transformar nos seus opostos.

Uma árvore do tamanho do abraço de um homem começa por ser pequena.

Uma torre de nove andares começa por ser um monte de terra.

Uma viagem de mil léguas começa num passo.

Encarrega-te dos problemas antes de eles surgirem.

Assim, evitarás ter depois de agir.

As dificuldades são facilmente superadas antes de começarem.

Aquele que age pode complicar a obtenção do que pretende.

Aquele que agarra as coisas, perde-as.

Quem é sábio não faz nada de errado porque não age.

Não se prende a nada e, por isso, nunca perde nada.


(Cap.64)



Um estado deve ser governado com a justiça normal.

Uma guerra deve ser gerida com golpes de surpresa fora do normal.

Mas o mundo deve ser controlado sem forçar, pela não acção.

Como sei eu que é assim?

Porque quanto mais decretos proibitivos existirem,

Maior será a pobreza do povo;

Quanto mais regulamentos existirem, maior será a desordem;

Quanto mais engenhos e técnicas, artefatos existirem,

mais estranhos produtos aparecerão;

Quanto mais regras e prisões,

mais ladrões e bandidos haverá.

Por isso, o sábio diz:

Não farei nada de caótico, e as pessoas transformar-se-ão por elas próprias;

Contentar-me-ei com ficar quieto e as pessoas ficarão honestas pela sua natureza;

Sem me preocupar com isso, as pessoas enriquecerão naturalmente;

E, sem que eu o deseje, terão uma vida boa,

Voltando à simplicidade primitiva.


(Cap.57)


Mais sobre o conceito de Wu Wei.


Bibliografia sobre o Wu Wei


TSE, Lao. "Tao Te Ching", Rio de Janeiro, Mauad, 2011.

FISCHER, Theo. "Wu Wei: A Arte de Viver o Tao", São Paulo, Árvore da Terra, 1999.

LEE, Bruce. "O Tao do Jeet Kune Do", São Paulo, Conrad, 2003.

BOREL, Henri. "Wu Wei: A Sabedoria do Não Agir", São Paulo, Attar, 1997.

WATTS, Alan. "Tao: O Curso do Rio", São Paulo, Pensamento, 1995.

SCHWANFELDER, Werner. "Lao Tse: O Segredo Do Tao - O Caminho Natural", Petrópolis, Vozes, 2009.

FISCHER, Theo. "Yu Wei: Die Kunst, Sich Das Leben Schwer Zu Machen", Hamburg, Rororo, 2006.

LOY, David. "Wei-wu-wei: Nondual action" in "Philosophy East and West", Vol. 35, No. 1 (Janeiro, 1985) p. 73-87.


Boas festas!

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo