Poesia é cardinal

para Mário L Cardinale


Nalgum ventre, um poema se forma

sob o olhar atento do poeta que não

se conforma.


A poesia é uma espécie de vento

que, ventando, busca ser função ‒

ser apalavramento.


Há poetas que são predestinados

ao fazer poético, uma condição,

algo sagrado.


Diante da poesia que nos atravessa,

alguns são centelha na escuridão,

vela acesa.


A outros, faltam o principal,

um arguto senso de direção

diante do real.


por Mundo do Poeta

em 22/06/2021


por Giovani Miguez, em Propositum.




12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Fletir