Simone Pires Coelho, poemas


Valores da Natureza


Ao observar a natureza

Cada dia uma surpresa,

Pois ela se encarrega de cuidar de si mesma

E tudo que é natural nos encanta


O bicho da seda por exemplo,

Alimenta das folhas das amoreiras

E tece os vestidos luxuosos

A seda que é fibrosa e constituída de proteína


Já a ostra, com tantas dores expele perolas

E o seu valor é imprescindível

As abelhas colhem o néctar das flores

E o transforma no mais puro e saboroso mel


E o homem sempre plagiando

A originalidade da natureza

Tirando proveito de tudo isso.


Ao Chão


Casa vazia,

Somente meu espaço

E eu aqui compondo de cabeça pra baixo


Deito-me no chão gelado

E no banquinho coloco os meus pés

A refletir meus pensamentos


E o vermelho sangue

Traz em minha memória

Marcas profundas

Que somente a maturidade plena sabe explicar


Nobreza incalculável

Esse momento de reflexão

Que na perda de tudo

Resta apenas meus livros

E deitar-me ao chão.


Toque do Violão


No toque do violão

Ouço um canto inovador

Ouço uma canção entoando um louvor


Ouço sua voz suave

No som de um dedilhado encantador

Exprimindo pureza e comunhão

São palavras lindas

Que assimila oração


Nesse momento tão sublime,

Plácido e solene

Sinto-me serena ao ouvir tal canção


Que momento sigiloso

O amor proporcionou

Atribuindo notas variadas

Em que a música expressou



Simone Pires Coelho é carioca e vive a maior parte da vida em Minas Gerais na cidade de Caratinga e atualmente reside em uma cidade vizinha (Ipatinga). Mãe de uma menina, escreve poesias desde de fevereiro de 2020. Seu perfil no Instagram: @simonepoetisa



... Para publicar seus poemas, fale comigo. [ Regras ] Os interessados deverão enviar os poemas para giovanimiguez@gmail.com seguindo as seguintes orientações: 1. enviar, em arquivo word, até três poemas de no máximo 15 versos cada. 2. no final dos uma biografia de até 5 linhas, informando o seu perfil no instagram. 3. anexar ao e-mail uma foto do poeta na horizontal. 4. deve constar no assunto do e-mail nome do poeta no seguinte formato: "Umanisté blog - Submissão de poemas - Nome do Poeta".

12 visualizações